Mandioca: sua história na Cerveja Imbé – Cerveja Imbé
Notice: Undefined variable: tags_name in /srv/app14.c2c3da20.configr.cloud/www/wp-content/themes/page-builder-framework-child/functions.php on line 64

Blog da Imbé

Mandioca: sua história na Cerveja Imbé

Difícil conhecer um brasileiro que não saiba o que é mandioca. Essa raiz é presente na vida de milhares de brasileiros, principalmente, aqui, em Imbituba.

A mandioca já tem quase 300 anos de história no Brasil. Ela pode ser usada em várias partes da culinária brasileira, em pratos típicos como bijajica, beiju ou aquele pirão que a gente tanto gosta. A farinha de mandioca surgiu na necessidade de ter uma farinha para fazer pão. Em Portugal, a farinha de trigo era utilizada para isso, mas aqui, ela não se popularizou. Então, a solução foi usar a mandioca, já tão conhecida pelos indígenas, e conseguiram ir afinando a farinha com o tempo, até chegar numa farinha fina ideal para pães. Porém, por não ter o glúten, a proteína do trigo, a farinha de mandioca não serviu para a panificação. Mas, a farinha ainda poderia (e é) usada para outras comidas. Essa farinha foi usada para alimentar batalhões na época e, por um tempo, ficou conhecida como “farinha de guerra”, no entanto, como o governo não pagou os produtores, a farinha passou a ser chamada de “farinha de calote”.

Em Imbituba, muitas famílias usam a produção de farinha de mandioca como fonte de renda, além disso, a rede catarinense de engenhos para produção de farinha, luta para que a arte de fazer farinha torne-se patrimônio cultural.

Buscando valorizar a mandioca, que é algo tão comum na mesa de muitos Imbitubenses, a Cervejaria Imbé tem a cerveja Witbier com Mandioca. Essa cerveja é adocicada e acompanha um leve aroma da mandioca, com o trigo.

Você já experimentou nossa cerveja Witbier com Mandioca? Conta pra gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa Newsletter

Novidades, informações e história.